Ai que sol de fogo

De Vasco Costa Marques
Ai que sol de fogo
sob a minha mão!
Brumas... brumas só
teus cabelos são.

Mas são brumas ruivas,
ruivas de clarão!

Asas em tuas pernas...
asas te roubaram...

Baila, onda, baila!
Mar e sol e música
é teu corpo claro.

1 comentário:

Mila disse...

Lindo poema!
Passando pra desejar uma boa noite e uma bela semana.
Bjs
Mila